gtag('config', 'AW-1066184524'); Um recado que parece inocente, mas não é!

R. da Consolação, 222 – 19º andar

Consolação - São Paulo/SP

CEP.: 01302-901

+55 11 3289-5797

+55 11 3284-4976

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
Buscar
  • V2 Consulting

Um recado que parece inocente, mas não é!


Mais um caso típico de esperteza no setor de relacionamento com clientes. Vou evitar expor o nome da empresa por não ser ela a única a usar este artifício, mas em um desses dias uma amiga recebeu uma ligação e, ao atender, ouviu a seguinte gravação: “A empresa X quer falar com você! Ligue para o número Y”.


Em um primeiro momento, ela achou isso inovador, interessante e até comentou que é melhor ouvir uma gravação do que um atendente com milhares de argumentos e importunando em horários indevidos. Isso para vocês verem como as pessoas estão salientes com o telemarketing.


Só que conversando com ela e explicando o que há por trás desse tipo de ligação, ela mudou de idéia.


Vamos lá, essa ação seria interessante se fosse transparente, ou seja, se dissesse “ligue para nós pois temos uma oferta de tal produto ou serviço para você!”. Pelo menos a pessoa saberia a intenção daquele inocente recado que recebeu. E seria respeitosa se o número deixado fosse um 0800, e não outro, no qual o custo da ligação é pago pelo consumidor.

Essa é a típica jogada inteligente, quando se olha somente para produtividade e rentabilidade, deixando de lado o consumidor.


Agora só falta essa e outras empresas, que usam desse mecanismo, virem à tona falando que em respeito ao Do Not Call não possuem mais pessoas ligando para os consumidores. Seria o cúmulo da cara de pau! Mas olha que não duvido.


Por esse tipo de ação é que digo que há muito, mas muito terreno pela frente, para as empresas entenderem o que significa, de fato, respeito ao consumidor. E entenderem que é possível ter produtividade e rentabilidade sem desrespeitar o consumidor!

0 visualização