gtag('config', 'AW-1066184524'); Fraudar Dados: Esperteza ou Incompetência?
Buscar
  • V2 Consulting

Fraudar Dados: Esperteza ou Incompetência?


Olá Qualinauta!


Tenho me deparado e mesmo ouvido muitas situações sobre fraudes de dados em contact centers. Não foram um, dois ou três, mas diversos casos.


É fato que os contact centers chegam a desafiar os limites do Excel devido à diversidade e complexidade das planilhas que são desenvolvidas para controles operacionais e financeiros.


Num mundo de dados manuseados, é perfeitamente previsível que erros aconteçam, mas existem erros e erros. Um dígito trocado, um número faltando ou uma data errada são situações contornáveis. Valores totalmente diferentes das bases de onde saíram, volumes de tráfego sempre com um determinado percentual superior ao real e quantidade de pessoas faturadas não presentes no contact center é demais!


Em tempos de Código de Ética (PROBARE), de muita pressão do mercado e empenho de parte do setor por profissionalismo, contar com pessoas que se utilizam destas práticas para deixar seu cliente satisfeito ou faturar mais, é algo inadmissível! Segue na contramão de tudo o que se quer para o mercado no futuro.


Enquanto profissionais desse tipo “sobreviverem” no nosso mercado, acho difícil avançarmos e atingirmos um estágio que nos livre dos ataques da mídia e mesmo da fúria de alguns contratantes de serviços.


Para aqueles que insistem nesse erro, alimentando a famigerada “Lei de Gerson” vale uma reflexão: É uma questão de esperteza ou de incompetência?


Pessoas profissionais nem sempre alcançam os resultados esperados, mas não abrem mão do trabalho transparente, ético e responsável, sem contar que todo profissional precisa ter visão de futuro e valores sólidos.


Abaixo aos fraudadores!

0 visualização

R. da Consolação, 222 – 19º andar

Consolação - São Paulo/SP

CEP.: 01302-901

+55 11 3289-5797

+55 11 3284-4976

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco