17
mar
E-commerce bate a marca de 13 milhões de brasileiros
Publicado por v2design_admin em Internet em 2009
0 Comentarios

Confira matéria publicada no site Adnews sobre o aumento do e-commerce no Brasil.

——————————————————————————————————————

De acordo com dados divulgados pela consultoria e-bit nesta terça-feira (17), o número de consumidores brasileiros que compraram pela internet chegou a 13,2 milhões, em 2008. O número representa um aumento de 39% em relação ao ano anterior.

O aumento na participação da classe C tem sido responsável pelo crescimento do e-commerce. Segundo a e-bit, famílias com renda média mensal de até R$ 3 mil representaram 60% dos novos consumidores em 2008. Em um ano, a participação da classe C no comércio eletrônico brasileiro passou de 37% para 42%. No ano passado, as mulheres passaram a representar 51% dos consumidores online.

Para Pedro Guasti, diretor geral da e-bit, a crise dificultou o crescimento. “O valor ainda seria mais alto (R$ 6 bilhões) se não fosse a crise econômica. Mesmo assim houve um crescimento [anual] significativo”, disse. A expectativa para 2009 é que o e-commerce brasileiro movimente R$ 10 bilhões.

Até o final do semestre, a consultoria espera que o Brasil ultrapasse a marca de 15 milhões de consumidores online. Para o final do ano, a expectativa é que o número chegue a 17,2 milhões de compradores.

As categorias mais populares entre os brasileiros em 2008 foram: Livros (17%), Saúde e Beleza (12%), informática (11%), Eletrônicos (9%) e Eletrodomésticos (6%).

03
mar
SulAmérica e Johnnie Walker criam redes sociais para se relacionar com clientes e prospects
Publicado por v2design_admin em Internet em 2009
0 Comentarios

Confiram matéria abaixo sobre como empresas como SulAmérica e Johnnie Walker estão investindo em canais próprios de relacionamento com clientes usando a web como canal de fidelização.

—————————————————————————————————————-

As marcas brasileiras já começam ir além do Orkut e do MSN e passam a criar seus próprios canais de relacionamento com consumidores na internet. Com o objetivo de fidelizar clientes, algumas empresas estão entrando de cabeça na web 2.0 ao convidar consumidores a experimentar e se relacionar com produtos também no ambiente virtual.

A SulAmérica, seguradora que já acumula cases de experiência de marca de sucesso como a Rádio SulAmérica e Bicicletários do Rio, já comemora o sucesso de sua plataforma SulAmérica.com Você lançada há apenas dois meses. Até o final de janeiro, apenas 40 dias após a inauguração, o site já contava com 125 mil acessos, 32 mil usuários únicos e o cadastro de 16,8 mil deles.

O número ultrapassa a meta estabelecida pela companhia de conseguir 100 mil acessos em três meses. “Também garantimos que pelo menos metade dos usuários únicos se cadastrem e planejamos manter essa meta”, explica Fabrício Saad, superintendente de CRM e Internet da empresa, em entrevista ao Mundo do Marketing. Até então, a empresa havia promovido o relacionamento na internet apenas isoladamente, sem uma campanha integrada.

Ferramentas interativas atraíram mais usuários

As áreas que mais atraem visitas são as que envolvem uma interação com o consumidor, como a ferramenta Você aos 60, que simula a aparência do consumidor aos 60 anos, remetendo ao plano de previdência da companhia; e o Car Watch, que avisa quando o carro precisa passar por alguma revisão, fazendo relação aos seguros de automóveis. O próprio nome da plataforma foi escolhido pelos consumidores, que reuniu 100 mil votos através de uma enquete.

Por conta disso, a seguradora está investindo mais em conteúdos que exigem participação do consumidor, como escolha de assuntos para reportagens através de enquetes. Um dos próximos passos será a estréia ainda este mês de um jogo onde os participantes deverão responder perguntas relacionadas com os mercados em que a companhia atua para poder ganhar brindes virtuais – como música e papéis de parede.

Além de poder aumentar e qualificar sua base de clientes e prospects com informações valiosas, a SulAmérica vê no projeto uma ferramenta para contrapor eventuais boca-a-boca negativos em canais de mídias sociais. “Em um mundo em que não podemos controlar o conteúdo sobre a marca na internet, podemos através de uma ferramenta proprietária mostrar seus pontos positivos, combatendo o que possa estar sendo dito de negativo nas redes sociais”, explica Saad.

SulAmérica já estuda agir em redes sociais

A Sun MRM, uma das agências envolvidas na criação da plataforma – sendo responsável pelos aplicativos Car Watch e Você aos 60 -, já prepara ações com a SulAmérica dentro de redes sociais, como blogs e Orkut. Além disso, já promove o site através de banners no portal institucional da empresa, da onde vêm 25% dos usuários da plataforma, e também via e-mail marketing.

“Já oferecemos link direto dos aplicativos para que os usuários possam divulgá-los nas redes sociais. Estamos sempre monitorando o que é dito nesses locais, de forma a estudar, buscar relevância e melhorar nosso relacionamento, utilizando a SulAmérica.com Você como uma plataforma de marketing viral positivo”, explica o superintendente de CRM e Internet da empresa. Além da Sun MRM, a plataforma vem sendo desenvolvida desde agosto do ano passado e envolveu outras duas agências: Studio Tesla e Azul.

Wunderman mantém projetos para Johnnie Walker e Smirnoff

A Wunderman também vê nas redes sociais próprias uma forma de envolver o consumidor. Recentemente, a agência de relacionamento do grupo Newcomm produziu o “Keep Walking Club”, site voltado para os consumidores de Johnnie Walker. O clube é, na verdade, um reforço do que a marca de bebidas já fazia há alguns anos, com uma base de 15 mil clientes. “Sempre convidamos consumidores da nossa base de clientes para ações promocionais exclusivas, como degustação de produtos ou presença em eventos. O que fazemos agora é buscar atingir um contingente maior de consumidores”, explica Eco Moliterno, Vice-Presidente de criação da Wunderman, ao site.

O novo portal trará conteúdos exclusivos aos que se associarem ao clube, o que pode ser feito gratuitamente pelo próprio site. A ênfase será em entrevistas, que serão ilustradas por charges animadas por Maurício Ricardo, do site Charges.com.br. As ações exclusivas para os cadastrados no clube também continuarão, dessa vez com o apoio de divulgação do novo site.

Mesmo tratando-se de internet, um veículo caracterizado por uma atualização constante de conteúdo, o Keep Walking Club será atualizado mensalmente. “Nosso público é exigente. Preferimos fazer algo de qualidade mesmo que leve tempo para que ele se interesse a voltar no mês. Não adianta criar algo semanal ou diário sem relevância”, defende Moliterno. A divulgação também está sendo restrita, de forma a preservar a aura de clube “exclusivo”. “O objetivo é estreitar o relacionamento com consumidores. Preferimos que uma pessoa acesse dez vezes do que 10 acessem apenas uma vez”, emenda.

Outra rede social própria que a agência mantém desde maio de 2008 é o Churraskeiro, para a Smirnoff e Wessel. Depois de uma pesquisa feita pela marca de bebidas apontar que 44% das vezes em que os consumidores consomem caipirinha é em churrasco, a empresa aliou-se com o frigorífico Wessel e criou um canal de relacionamento dentro do Yahoo. O “Churraskeiro” traz diversas dicas e aplicativos para melhorar a experiência de um bom churrasco. Em sete meses, o site atraiu mais de um milhão de acessos.

Por Guilherme Neto

Fonte: www.mundodomarketing.com.br

13
fev
Cresce o número de pessoas trabalhando em casa e ganhando dinheiro pela internet
Publicado por v2design_admin em Internet em 2009
0 Comentarios

A internet não é mais novidade, como era considerada a alguns anos. Ela veio para ficar. E é cada vez mais raro ouvir pessoas dizendo que se trata de uma moda passageira.

Segundo o site O Globo, 40 milhões de internautas já acessam a internet, o que representa boa parte da população economicamente ativa e 56% destes usuários são residenciais.

Além das atividades normais dos internautas, como lazer, pesquisas e compras, existe também o uso profissional. O trabalho pela internet é uma das tendências crescentes do nosso tempo.

Segundo o site Globo.com, o acesso à internet cresceu 78% em apenas dois anos no Brasil. E as pessoas estão aproveitando este crescimento para buscar as novas oportunidades de trabalho criadas pela era da informação. E são muitas as oportunidades.

Apesar de muitas empresas estimularem que seus funcionários trabalhem em casa para reduzir custos, muitos internautas chegam a trabalhar de forma independente, sem vinculo a nenhuma empresa, realizando tarefas prazerosas e lucrativas.

Estes internautas autônomos costumam publicar e revender seus próprios livros digitais (e-books), ganham dinheiro com publicidade em seus sites ou blogs, participam e divulgam sistemas sérios de marketing multinível, realizam operações de investimento online, criam e gerenciam sites, blogs e lojas virtuais de outras pessoas ou empresas, realizam seminários, conferências e até consultoria online, além de muitas outras formas de trabalho remunerado.

Você que está lendo este artigo, deve ter muitas idéias de negócios lucrativos e pode utilizar a internet para colocá-las em prática, pois na maioria das vezes não é necessário investir nenhum dinheiro e o retorno pode ser compensador.

Fonte: http://www.bloglucrativo.blogspot.com/

 

V2 Design - Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados.